9 de jul de 2009

Contigo


Nesta hora em que a lua no céu,
chora com raios o tempo que rapido passa,
eu penso em ti.
Nesta hora em que o mar murmura canções,
e as ondas jogam-se na praia,
eu penso em ti e
no soluçar sufocante da saudade
vejo teus olhos,
teu sorriso, teu rosto...
Esqueço-me do tempo.
Projeto-me no inexistente...
Ergo meus braços e te abraço.
Meus olhos, nos teus...
teu sorriso, teu amor... meu amor
nosso amor.
Embalo-me na suavidade da brisa noturna,
conduzo-me até teu mundo.
Sou feliz!
Amo-te.
Nem mesmo a distancia, o tempo e o mundo,
farão com que eu me esqueça de ti,
pois
amar-te mais é impossivel.
Amo-te!
(Fatima - 1972)

Nenhum comentário:

Postar um comentário