3 de jul de 2009

Nada resta

Agora,
quando mais nada nos resta,
é preciso que partamos,
cada qual para o seu fim,
atingindo cada qual sua meta.
Não olhes para o passado,
te fará mal...
Tu chorarás, eu partirei...
Não vou te esquecer
fostes importante para mim...
De tudo o que fomos
restará alem do adeus, a saudade.
É preciso ser assim.
Desta saudade construiremos futuros.
Desta vida que acaba, fomos felizes...
Partamos,
Para não esquecer esta felicidade.
(Fatima - 1973)

Nenhum comentário:

Postar um comentário