5 de jul de 2009

Onde


Onde estas,
neste momento em que eu penso em ti?
Nesta hora em que a luz se faz sentir,
em que um mundo de vozes me rodia e busca
a atenção esquecida.
Retira-me da monotonia que me cerca?
Onde estas,
neste momento em que te conheço,
desconhecendo-te,
que te gosto,
mesmo sem saber da tua presença,
do teu calor,
do teu ser?
Onde estás,
nesta hora que o vento bate em meu rosto
e me traz o sentido da tua voz, da tua existencia,
do teu viver?...
Sei que te encontrarei,
em qualquer instante ou minuto...
e serás mais importante,
serás mais amado...
Onde estas, não importa.
Penso em ti e
meu pensar me faz feliz.
E não importando estes teus momentos
mistos de misterios, é que te amo
a cada minuto da minha vida.
(Fatima - 1973)

Nenhum comentário:

Postar um comentário