27 de out de 2009

Promessa.

Prometo,
em um dia qualquer, farei silencio...
Nenhum contato sera possível.
Estarei distante.... mais do que
qualquer das distancias que já houve entre nós.
Não me ouvirás
e não mais existirão os "bons dias" ou "boas noites".
Mais do que nunca tua caminhada será solitária.
Talvez, marcada pelas lembranças do que fomos e
do que nunca seremos.
Não me ouvirás, porém minha voz se eternizará
na tua memória recordarás quanto
foi grande meu amor por ti.
Serei silêncio... e só o infinito me entenderá.
Em algum lugar estarei te amando,
"pra sempre"!
(Fatima - outubro/2009)

26 de out de 2009

Testamento


Antes de morrer
farei meu testamento e
de tudo, te deixarei uma parte.
Dos meus sentimentos a certeza que
foram verdadeiros e unicos...
Te deixarei o que significou meus dias de solidão.
A lembrança continua de cada encontro,
de cada despedida.
Te deixarei o sabor das lagrimas que meus olhos
expulsaram inumeras vezes, tentando lavar e levar
a saudade.
Deixarei a angustia de querer te entender.
Ah! Tenhas certeza, te deixarei o misterio das nossas vidas
para decifrares e saberes finalmente porque Deus me fez
te encontrar e te amar...
Porque somente então, quando eu partir saberei dos
"porques" da minha vida.
(Fatima - Out/2009)

14 de out de 2009

As vezes...


As vezes me imagino sentada em um meio fio qualquer
proximo do lugar em que estás...
me vejo de olhar distante buscando teu vulgo
no inicio da rua que te leva para qualquer endereço.
Me encho de emoção e te espero.
Teu caminhar na minha direção é interminavel...
Minha coragem me imobiliza e
nada mais do que os sentimentos circulam
em todo o meu corpo...
Eu permaneço ali, sentada, prá sempre...
eternamente...
Te esperando...
(Fatima - 2009)