2 de out de 2015

Tempo




Esperando por ti
gastei a corda do 
relógio do meu 
tempo.
(Fátima, 18/08/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário